25 de outubro de 2013

Mensagens que ficam para sempre

Escrever à mão  

Escrever à mão. Para alguns pode parecer coisa do passado. Enviar cartas então? Imagine só enviar uma carta em plena era de total conexão, na qual podemos escrever pelo celular através do Facebook, deixar um recado em uma foto do Instagram, enviar um Whatsapp, um e-mail, fazer um tweet, enfim, dentre tantos outros aplicativos. Comunicar-se através de texto é, hoje, uma coisa absurdamente corriqueira e banal. E escrever à mão tornou-se algo muito incomum. 
Mas é exatamente dentro deste contexto que me emociono ao rever as velhas correspondências, nas quais a caligrafia de um amigo me faz enxergar um pouquinho da sua personalidade, a dobradura de uma amiga, seu jeito preocupado e delicado.

Nas cartas que guardei revejo beijos e abraços que ficaram para sempre, recados que tocam minha alma após tantos anos, frases que me motivam como se tivessem sido escritas para os dias de hoje. São amizades eternizadas no papel.

Além disso, escrever à mão vem se tornando algo extremamente chique. Imagine você receber uma carta à mão do dono da sua marca preferida? Ou do seu ídolo? Ou daquele profissional que admira? Vamos lá, não parece que esta pessoa deixou muito mais de si naquele papel? E o que você fará com este papel? Com certeza ele entrará para uma caixinha escura, mas que de tempos em tempos será aberta e trará belas surpresas.



Um momento memorável merece um pouco mais de alma, de atenção, de detalhe.


Deixo aqui o meu abraço em tinta e papel.
Helena - Colaboradora Nomedeiro


Quer ver outros motivos para voltar a escrever mais à mão?

Razões não faltam. Segundo estudos, desenhar uma letra à mão cria uma espécie de "memória muscular" e escrever bem à mão está relacionado com um melhor desempenho em leitura e matemática, pois treina as redes neuronais do cérebro. Além disso, cientistas da Noruega constataram que quem escreve uma informação à mão se lembra mais dela do que se tivesse apenas digitado, pois a escrita manual demanda mais esforço e concentração do cérebro, favorecendo o processo de aprendizagem e inclusive a melhor aprendizagem de outros idiomas.

E, para os fãs de tecnologia, é possível escrever ou desenhar diretamente na tela, como em um bloquinho. Um dos aplicativos para isso chama-se "Note Anytime". 

Lembre-se que existe um lado muito positivo em todas as coisas, onde o novo e o velho não são necessariamente excludentes, mas trazem experiências diferentes e muito gratificantes, cada um à sua maneira.

Nenhum comentário:

Postar um comentário